quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Parabéns querida filha




Filha minha:

Assim possa 
esse coração 
que me é (e)terno 
indicar-te os caminhos da vida
mostrar-te longas miragens 
e acender-te no fundo dos olhos
o esplendor e a luz do sol .

Perdoa-me, filha minha, 
pelos dias em que te emoldurei o sorriso,
e por outros tantos em que parei o tempo
para que te demorasses ao meu colo.

Hoje percebo filha querida
Como o teu corpo se alongou,
Como a tua alma cresceu 
desde há trinta e quatro anos 
quando me abandonaste o ventre 
e neste regaço que sempre será teu
ouvi- te o primeiro choro, e floriste...

Com as tuas pétalas 
perfumaste-me os sonhos
e tornaste imensa a minha existência.

Agora, nesta vertigem insana 
com que te considero minha, 
sinto a cada dia 
uma imensa e profunda alegria 
sempre que um pouco de mim 
renasce em ti, flor...


(eu)

Há trinta e quatro anos, fui mãe pela primeira vez, era terça -feira de Carnaval e dia de aniversário do meu pai.
Hoje, ele faria 97 anos...

8 comentários:

  1. CC
    acho que a tua filha deve ter ficado muito feliz ao receber esta oferta tão bonita e tão original.
    e também o teu pai no País dos Anjos também deve estar feliz e selar pelas duas.
    muito belo!
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  2. Muitos PARABÉNS para a sua linda filha e para si também.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelos 34 anos dessa filha linda. Um belo poema. Parabéns a si também.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns, que tenha tido um feliz aniversário, mtas felicidades, sucesso, paz e amor para a sua "menina" e para a Cristina tb, pke lhe deu a vida. Para si ela é sempre "pequenina, criança" e precisa de colo e de proteção (as mães são todas iguais, ou melhor, são todas "tolas" - rs).

    A sua filha querida tem um ar doce e brincalhão (aquela fita no cabelo, está o máximo) e gosta de "curtir" bué. Abençoada seja! De estetoscópio ao pescoço, deduzo k estará ligada à saúde. Eu sou tão "perguntadora", valha-me Deus, ao contrário dos outros amigos comentadores, que por aqui deixaram os seus comentários, mas de forma mto genérica, soft. Ah, não consigo, não sei ser assim.

    Beijinhos pra ambas!

    ResponderEliminar
  5. Também deixo o meu abraço, ainda que tardio, para mãe, onde tudo principia, e filha, permanência clara do silencioso umbigo.
    beijo,

    ResponderEliminar
  6. (En)canto, este poema.
    Parabéns à mãe pela filha linda que tem. Parabéns à filha por mais um ano de trilho.
    É linda e, deduzo, um jovem ativa e responsável. Que a vida lhe seja tão sorridente quanto ela o é.
    Bjos a ambas :)

    ResponderEliminar